CONVERSA COM A VIDA

conversa_com_a_vida

“A morte não é o contrário da vida, a morte é o contrário do nascimento. A vida não tem contrários”.

(Eliane Blum, 2015 )

 

Vive-se para que?

Esta é uma pergunta que talvez a maioria das pessoas jamais pensou se fazer.

Uai, vive-se, simplesmente…A vida é um fim em si: já que nascemos, temos que viver.

Para o campo da saúde a resposta é quase a mesma: vive-se para não morrer.

Para o pobre, marginal, bandido vive-se para sobreviver amanhã.

Para o provedor, vive-se pelo outro que não tem condições de manter-se.

Ou, por outro lado, vivemos por uma decisão divina, uma doação de Deus: ele é o pai nosso que está no céu e decidiu nos por na terra; basta seguir seus mandamentos até o dia que ele escolher para dar um fim à nossa vida.

Ou ainda vive-se por uma causa mas isto está fora de moda: a sociedade de consumo pôs fim a qualquer causa.

Talvez pelo poder: para ser temido, obedecido, admirado, amado, desejado; mas isso supõe a tirania do outro, que pode sempre deixar de temer-te, de obedecer-te, de admirar-te, de amar-te de desejar-te ou simplesmente morrer.

Pensando em tudo isso não me encontro, hoje, em lugar nenhum destes assinalados.

Talvez tenha vivido e esteja vivendo para pensar. Fiz alguma coisa de útil para a humanidade ao pensar porque meus pensamentos ajudaram outros a pensar talvez um pouco melhor. Amado não dá mais tempo para ser e além do mais já fui, e quanto a todo o resto não quero viver sob a tirania do outro.

Se a morte é o contrário do nascimento e o contrário de alguma coisa será sempre também alguma coisa, o nascimento também é o contrário da morte. Como todos morreremos algum dia também nasceremos de novo e como só se morre uma vez também só se nasce uma vez o que quer dizer que nasceremos de novo como outro ser singular. Isso se a vida continuar existindo no planeta.

Isso se a vida continuar existindo no planeta.

Cogito ergo sunt

CONVERSA COM A VIDA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s