NASCEU UMA OUTRA VIDA

nesceu-uma-outra-vida

 

A consulta com o meu psicoterapeuta do dia 23 de novembro de 2015 conseguiu mostrar-me que tudo sempre volta ao mesmo ponto central da minha neurose: o fato de eu ser visto pela minha família desde criança como uma pessoa com problemas, o tal de bicho do mato, incapaz de cuidar autonomamente de sua vida

Várias coisas aconteceram na minha vida que, de uma forma ou de outra atualizaram este ponto central da neurose e seria cansativo enumerar: isto aqui não é uma sessão de psicanálise.

Meu terceiro casamento com Ana, quanto tinha 41 anos foi o começo real da superação deste ponto neurótico.

Ela, sinto, foi a primeira pessoa que realmente acreditou que eu era uma pessoa capaz e que especialmente nada havia de errado comigo.

Vivemos 27 anos juntos e juntos conseguimos, depois de algum esforço, uma equação feliz de casal e eu pude me realizar como pessoa, tendo completado minha formação acadêmica até virar professor titular da USP, ter escrito vários livros e ter desenvolvido, junto com ela, uma novo método de pesquisa empírica em ciências humanas: o Discurso do Sujeito Coletivo.

Esta etapa feliz da minha vida terminou com a doença e morte da minha companheira.

Terminou uma equação feliz de casal.

Nasceu e foi obrigado nascer algo, para mim, fora desta equação e dentro de outra que teria como elementos eu mesmo e vida.

NASCEU UMA OUTRA VIDA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s