DELÍRIOS ESQUIZOFRÊNICOS

deliriosPossivelmente a maioria de nós já teve noites de insônia. Alguns tem isso frequentemente (eu, por exemplo) ainda que, no meu caso, parcial.

Fernando Pessoa, acho, devia ser um insone contumaz.

Sua poesia indica isso fortemente.

A Múmia, seu poema que aparece aqui várias vezes é leitura obrigatória para insones.

É um delírio esquizofrênico, dissonante, alucinado, paranoico.

Os desenhos do pano da mesa tem vida,

Cada um é um abismo

Que coisas incapazes de olhar estão olhando para mim?

As arestas  fitam-me

Sorriem realmente as paredes lisas

E vai por aí.

Necessário lê-lo e relê-lo infinitas vezes para sentir seu encanto.

Há anos não me sai da cabeça.

A Múmia tem muito a ver com as dificuldades que alguns de nós (eu, por exemplo) tem com a noite.

Eu não gosto da noite, do seu negrume de morte, das aves de mau agouro que passam por ela, dos gritos longínquos de dela brotam, dos seus risos obscenos, das freadas bruscas, dos telefonemas fora de hora, das noticias desagradáveis.

Consegui lidar melhor com a noite depois da Múmia.

Um outro poema lindo dele sobre a noite: 

Súbita mão de algum fantasma oculto

Entre as dobras da noite e do meu sono

Sacode-me eu eu acordo, e no abandono

Da noite não enxergo gesto ou vulto.

 

Mas um terror antigo que insepulto

Trago no coração, como de um trono

Desce e se afirma meu senhor e dono

Sem ordem, sem meneio e sem insulto.

 

E eu sinto a minha vida de repente

Presa por uma corda de Inconsciente

A qualquer mão noturna que me guia.

 

Sinto que sou ninguém salvo uma sombra

De um vulto que não vejo e que me assombra,

E em nada existo como a treva fria. 

Minha vida não seria a mesma sem a companhia permanente deste homem estranho.

DELÍRIOS ESQUIZOFRÊNICOS

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s